Paróquia Santo Antonio
 

DESTAQUE

 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

ACERVO

 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
Missa Vigília de Natal

 
Imagem
Na noite do dia 24/12/2020, Pe. Wellington celebra a Solenidade do Natal do Senhor.


Padre Wellington na homilia desta Santa Missa nos diz:

“O povo que andava na escuridão, viu uma grande luz; para os que habitavam nas sombras da morte, uma luz resplandeceu” (Is 9,1).
Estamos vivendo um tempo de escuridão por causa desta pandemia. A noite de nossa alma se encontra escura, no desespero e angústia; se encontra fria pela insegurança; e também silenciosa por causa do medo.
Em cada tempo da história as trevas tentaram dominar, no primeiro natal a noite também foi escura, fria e silenciosa para São José e Maria Santíssima, não havia lugar para eles na hospedaria, estavam sós, dores e parto.
Mas Deus não permite que as trevas vençam, desde a criação
Deus fez brilhar a luz separando-a das trevas.
A Virgem Maria e São José permitem que Deus faça brilhar a sua luz na escuridão que estão vivendo.
Como o santo casal José e Maria, acolhemos a luz de Deus que se manifesta no nascimento de um menino. Um recém-nascido deitado na manjedoura envolvido em faixas é o sinal que os anjos dão aos pastores que também estavam na escuridão.
Deus Menino é a luz que ilumina, que aquece e que acorda.

1. Iluminar
“Um anjo do Senhor apareceu aos pastores que passavam a noite nos campos, tomando conta do rebanho... e a glória do Senhor os envolveu com sua luz” (Lc 2, 8-9).
Nas noites escuras de nossa vida a angústia e a solidão nos levam ao desespero.
Mas Deus desce as nossas escuridões e como uma criança quer estar em nossos braços, nos abraçar e nos dizer: “Não está sozinho! Eu estou contigo”.
A luz que ilumina nossas trevas é nossa fé, nossa oração, nossa confiança que Jesus está conosco, e Ele não pode perecer, Ele que passa conosco pela escuridão.
Confio que não estou sozinho nas noites escuras da minha vida?

2. Aquecer
“Ela o enfaixou e o colocou na manjedoura, por que não havia lugar para eles na hospedaria” (Lc 2, 7).
Nas noites escuras dessa vida corremos o risco de ficarmos frios, indiferentes e descrentes devido aos sofrimentos.
Mas Deus-Menino faz aquecer nosso coração com sua pequenez e fragilidade.
Todo bebê aquece nosso coração e nos faz dar o melhor de nós.
Naquela situação extrema, pobre daquele estábulo, Maria e José o transformaram em um palácio de ternura.
Nesta pandemia deixemos brotar os sentimentos de amor e de bondade por mais simples que sejam aquecerá muitos corações.


3. Acordar
“E Maria deu à luz o seu filho primogênito” (Lc 2, 7). Naquela noite escura e silenciosa foi acordada por um choro de um recém-nascido. Com o nascimento de um bebê tudo muda, agora se vive para ele.
Nesta pandemia quantas coisas que nos foram tiradas e passamos a viver para cuidar e proteger a vida.
O recém-nascido de Maria é Deus que se aproxima de nós e deseja que vivamos para Ele, porque sem Ele nada podemos.
Que o choro deste bebê nesta noite nos desperte de nosso sono de consumismo, de conforto e nos faça viver o essencial que é o dom da vida. A solenidade de hoje nos mostra que em nossas noites escuras Deus desce até as mais profundas escuridões e faz brilhar a sua luz que é Jesus para iluminar, aquecer e acordar nosso coração.
Não estamos sós! Deus ilumina com sua luz as nossas noites.


Fonte: Paróquia Santo Antônio
Fotos:
Voltar
 
Página Principal

DESTAQUE

 

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

NOTÍCIAS

 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE