Paróquia Santo Antonio
 

DESTAQUE

 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

ACERVO

 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
Santa Missa e Procissão de Corpus Christi

 
Imagem

ORIGEM DA CELEBRAÇÃO

A celebração teve origem em 1243, em Liège, na Bélgica, no século XIII, quando a freira Juliana de Cornion teria tido visões de Cristo demonstrando-lhe desejo de que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque.

Em 1264, o Papa Urbano IV através da Bula Papal "Trasnsiturus de hoc mundo", estendeu a festa para toda a Igreja, pedindo a São Tomás de Aquino que preparasse as leituras e textos litúrgicos que, até hoje, são usados durante a celebração. Compôs o hino “Lauda Sion Salvatorem” (Louva, ó Sião, o Salvador), ainda hoje usado e cantado nas liturgias do dia pelos mais de 400 mil sacerdotes nos cinco continentes.

A procissão com a Hóstia consagrada conduzida em um ostensório é datada de 1274. Foi na época barroca, contudo, que ela se tornou um grande cortejo de ação de graças.

NO BRASIL

No Brasil, a festa passou a integrar o calendário religioso de Brasília, em 1961, quando uma pequena procissão saiu da Igreja de madeira de Santo Antônio e seguiu até a Igrejinha de Nossa Senhora de Fátima. A tradição de enfeitar as ruas surgiu em Ouro Preto, cidade histórica do interior de Minas Gerais.

A celebração de Corpus Christi consta de uma missa, procissão e adoração ao Santíssimo Sacramento.

A procissão lembra a caminhada do povo de Deus, que é peregrino, em busca da Terra Prometida. No Antigo Testamento esse povo foi alimentado com maná, no deserto. Hoje, ele é alimentado com o próprio Corpo de Cristo.

Durante a Missa o celebrante consagra duas hóstias: uma é consumida e a outra, apresentada aos fiéis para adoração. Essa hóstia permanece no meio da comunidade, como sinal da presença de Cristo vivo no coração de sua Igreja.
____________________________________________________________________


Às 15 horas teve início a Celebração da Santa Missa de Corpus Christi em nossa Paróquia, seguida pela Procissão com o Santíssimo Sacramento, passando pelas ruas ornamentadas com os tapetes preparados durante todo o dia.

Em sua homilia Padre Wellington diz:

Amados irmãos e irmãs, hoje é dia de festa, é dia de alegria para nós, e se olharmos para os quatro Evangelhos vamos perceber uma característica muito importante em Jesus. Toda vez que Jesus vai falar do Reino de Deus Ele prefere comparar o Reino a uma festa, a um banquete, e toda a caminhada, a vida pública de Jesus, a sua presença está ao redor de uma mesa de alguma festa. O seu primeiro milagre foi nas bodas de Caná, num casamento. Outra vez Jesus entra na casas de Zaqueu, senta para Jantar com Ele e Zaqueu se converte.

Antes de entregar a vida e morrer na Cruz por nós, diz o Evangelho de Lucas capitulo 22, Jesus desejou ardentemente comer a Páscoa com seus discípulos. E para estar presente no meio de nós Jesus escolheu também através de uma mesa, por isso que o nosso encontro com Deus o nosso encontro com Jesus sempre é ao redor de uma mesa, essa mesa que fica no centro de nossa Igreja e é lá que Deus se aproxima de nós.

É interessante olharmos para esse símbolo da mesa que infelizmente neste mundo que estamos vivendo tem perdido seu verdadeiro sentido, a mesa é lugar de proximidade, onde nos aproximamos das pessoas, por isso Deus escolheu uma mesa para se aproximar de nós. Deus se senta à mesa conosco, é onde nós partilhamos nossos alimentos, mas é também onde partilhamos nossas vidas, estamos vivendo aí a copa do mundo e o Brasil se volta para assistir os jogos e ai estamos comendo, bebendo, conversando. As nossas famílias estão em nossas casas, aos domingos, nos sentamos à mesa para partilhar nossas alegrias, nossas dificuldades.

Deus também se sentou à mesa conosco para partilhar a Sua vida, por isso a primeira parte de nossa Missa nós nos voltamos para essa mesa onde Deus partilha a Sua Palavra, partilha Sua verdade, partilha Seus sonhos para conosco, mas também gera a comunhão.
Todos os que estão ali unidos, sentados, vivendo a mesma experiência, sentado ao redor da mesa em família ninguém é maior que ninguém, nem mais importante que ninguém, comunhão de mesmo sentimento, pois estamos ali unidos. Deus também se senta à mesa conosco, porque Ele quer entrar em Comunhão conosco.

Daí vocês podem perguntar: Mas Padre, se Deus se senta conosco nessa mesa o que é que vamos comer? Qual é o cardápio? O que saboreamos nessa mesa? Na qual nós nos reunimos onde Deus partilha Sua vida conosco e nós partilhamos a nossa vida com Ele?

Aí nós olhamos para o Evangelho de hoje quando Jesus vai dizer: “O Meu corpo é verdadeira comida, o Meu Sangue é Verdadeira bebida”. Irmãos e irmãs, Jesus escolheu o pão para ser o Seu Corpo entre nós. E quando nós olhamos para o pão percebemos que ele é feito de muitos grãos de trigo, isso para mostrar que Ele quer a nossa unidade, nós somos uma só família, nós simbolizamos cada grão de trigo, mas para que o pão seja feito não bastam somente muitos grãos de trigo, mas esses grãos precisam ser amassados, triturados, esmagados e ai então lembramo-nos do Corpo de Cristo, de Sua morte na Cruz, Seu corpo foi dilacerado na Cruz, por isso o pão nos mostra essa unidade do Céu e da terra, mas também o sofrimento de Jesus na Cruz , a Eucaristia nos leva à Cruz.

Sabemos que o pão é fruto da terra, fruto da natureza, mas é também fruto do céu porque é Deus quem concede fertilidade a terra, mas também é fruto do trabalho humano, Jesus ao dizer que Ele é o pão da vida, quer mostrar essa comunhão entre o Céu e a terra, Deus dá fertilidade a terra, ela produz frutos, mas é com o trabalho humano que nós podemos ter o pão.

Assim também é com o vinho, vários grãos de uva precisão ser amassadas, trituradas, para se tornar vinho, e que vão se tornar no Sangue do Senhor, nós sabemos que o vinho na linguagem bíblica significa alegria, por isso o alimento que Deus oferece a nós em cada encontro que nós fazemos com Ele ao redor dessa mesa é o Corpo e o Sangue de Seu Filho. O corpo que é o pão que simboliza o sustento, e como dizia os antigos “saco vazio não para em pé”, nós precisamos do alimento para estar vivos, Jesus se faz pão da vida para primeiramente nos sustentar nessa nossa caminhada rumo à casa do Pai.

Mas Jesus também dá o Seu Sangue, o seu vinho novo, Ele traz a nossa alegria. Por isso irmãos e irmãs, celebrar a festa de Corpus Christi, é celebrar esse mistério do amor de Deus por nos, que toda vez que Ele se encontrar conosco Ele faz festa, Ele senta conosco ao redor duma mesa e Oferece o Seu próprio Filho para ser o nosso alimento.

Sabemos que todo alimento que ingerimos se transforma em nosso corpo, toda comida que saboreamos o nosso corpo absorve tudo o que o alimento tem, daí que quando nos alimentamos do Corpo e Sangue de Cristo, Deus quer se tornar vivo em nós. O nosso corpo, nossa alma, nosso espírito deve absorver toda a Eucaristia para que vivamos como Jesus viveu.

Comungar do altar do Senhor, saborear desse pão vivo que desce do Céu, além de sustentar-nos em nossa caminhada, é também um meio pelo qual Deus quer viver em nós, para que através de nós, na nossa família, na nossa casa, no nosso trabalho, na nossa escola, dentro da nossa Igreja a gente seja presença viva de Jesus, com palavras de afeto, com gesto de perdão , com gesto de partilha, com gesto de bondade.

Por isso chamamos a Eucaristia de comunhão, vou comungar, vou fazer a primeira comunhão, ou seja, vou deixar Jesus viver em mim. Ao Celebrarmos essa festa bonita de Corpus Christi, o melhor e mais bonito ostensório que Deus quer ser exposto é o nosso coração. Os raios do mais belo ostensório são as nossas palavras, nossos gestos, nossas atitudes, é assim que o Senhor nos dá força, nos sustenta para que a gente mostre Ele ao mundo.

Irmãos Irmãs, a cada Missa, a cada Eucaristia, Deus se aproxima de nós, se senta à mesa conosco, partilha sua vida conosco e nos alimenta com o Seu Filho para que ao sairmos deste banquete nós possamos irradiar a alegria do Reino de Deus que está no meio de nós.

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO!


Fonte: Pascom Paróquia Santo Antônio
Fotos:
Voltar
 
Página Principal

DESTAQUE

 

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

NOTÍCIAS

 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE