Paróquia Santo Antonio
 

DESTAQUE

 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

ACERVO

 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
3º Dia da Trezena de Santo Antônio

 
Imagem

Neste 3º dia da Trezena recebemos o Padre Alexandre Pereira, Pároco da Paróquia Imaculada Conceição Aparecida – Mogi-Mirim, concelebram Pe. Wellington e Pe. Bruno.

Tema:«Este mundo é ponte instável: a entrada é o ventre materno a saída é a morte».

Padre Alexandre nos diz:
Reverendíssimos Padre Wellington e Padre Bruno, irmãos e irmãs.

Se eu fizer uma pergunta pra vocês: Vocês acreditam em Deus? Todos disseram SIM!

Se nós sairmos por ai perguntando, vão dizer ah eu acredito em Deus sim! Mas a questão é em que Deus nós acreditamos? Hoje acreditar em Deus se tornou algo muito banal, você pergunta se acredita em Deus, mas em que Deus? Respondem: ah numa força superior, uma energia, enfim, ai fica a gosto do freguês, porém pros outros, mas cremos! Como celebrávamos domingo passado a Solenidade da Santíssima Trindade, neste Deus que é Uno e Trino ou seja três pessoas em um só Deus, e um Deus que se relaciona conosco, um Deus que se encarna, se torna ser humano: “Jesus Cristo”.

E a partir de um ponto importantíssimo da nossa fé é a ressurreição, porque é a partir da ressurreição do Senhor que se começa ver tudo aquilo que Ele fez e ensinou então o mais importante de nossa fé é a ressurreição. Tanto é que Tertuliano um pensador cristão do segundo século vai dizer: “Nós somos cristãos porque acreditamos na ressurreição”.
Para sabermos em que Deus depositamos a nossa fé, também é pertinente meditarmos no Evangelho (Mc 12,18-27) de hoje que nos apresenta duas posições, a dos Saduceus que não acreditam na ressurreição, pois era muito interessante para eles não acreditar pois justificava a vida que levavam, eles faziam parte da classe dominante então não havendo vida após a morte teológica então eles estavam com a consciência tranqüila e poderiam viver todas as coisas do mundo presente. Hoje muitos pensam assim, que tudo se acaba por aqui, nesta vida, então tudo podemos, tudo é permitido.

Outra posição é a dos Fariseus que acreditavam na vida após a morte, mas uma vida como a da terra só que uma vida melhorada, se levar aqui uma vida regrada, temente a Deus, for bom, na vida após a morte você vai ter tudo o que você tem inclusive todos os bens terrenos, os bens espirituais, ou seja, como prêmio como uns folhetinhos que as vezes recebemos que mostra um lugar com uma mesa posta, um verdadeiro paraíso, mas não é isso, a ressurreição é muito mais do que isso não é uma terra melhorada.

A ressurreição é o centro de nossa fé onde nós somos transformados, claro que tudo isso pertence a Deus, por mais que possamos
explicitar com nossa linguagem que é limitada, a ressurreição é algo totalmente novo é o que aconteceu com nosso Senhor é o mesmo corpo só que transformado, sem as deficiências que temos aqui na terra. Não só os nossos corpos serão transformados, mas também as nossas relações, essas não serão mais por conveniências, por amizades, mas o que vai permear os nossos relacionamentos será o amor pleno de Deus derramado por nós.

Irmãos e irmãs, viver a ressurreição é algo muito concreto é no dia a dia porque aquilo que faltar na nossa ação, Deus vem e completa. A ressurreição não é merecimento nosso, mas é graça de Deus, mas Deus quer que colaboremos.

Por isso podemos dizer com Santo Antônio:

Louvado Seja Nosso Senhor Jesus Cristo!


CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS



Fonte: Pascom Paróquia Santo Antônio
Voltar
 
Página Principal

DESTAQUE

 

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

NOTÍCIAS

 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE