Paróquia Santo Antonio
 

DESTAQUE

 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

ACERVO

 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
8º Dia da Trezena de Santo Antônio

 
Imagem

Neste 8º dia da Trezena Celebra a Santa Missa o Pe. Ricardo Alexandre Camargo da Silva da Paróquia Santa Edwirges - São José do Rio Pardo


Tema: «A paciência é o baluarte da alma, ele a fortifica e defende toda perturbação»

Pe. Ricardo nos diz:...
Reverendíssimos Pe. Wellington e Pe. Bruno, amados irmãos e irmãs, sejam todos bem-vindos e bem-vindas nesta noite em que nós celebramos mais um dia desta trezena de Santo Antônio.

Hoje temos o tema: “A paciência é o baluarte da alma e ela a fortifica e defende toda perturbação”.

Vamos trabalhar um pouco neste tema para melhor nos ajudar na nossa espiritualidade, quando nós falamos de paciência nós viemos um dos doze frutos que provem do Espírito Santo, porém a paciência não é algo que nós temos de mão beijada, com facilidade, mas a paciência vamos conquistando dia após dia, momento após momento, e Deus vai colocando em nossa vida ótimas oportunidades para irmos treinando a paciência a exemplo disso basta chegar em festa de final de ano quando reunimos a família, daí vem aquela cunhada que não gosta de fazer nada, não lava um copo, só suja, não lava um prato, levanta cedo não arruma a cama, e sobra tudo pra você fazer, isso deixa você brava, irritada por conta disso, porque não te ajuda nos afazeres. Olha a situação que Deus nos coloca para exercer a paciência, peça ao Senhor paciência, para suportar esta situação com minha irmã.

É no dia a dia, nas coisas que acontecem, é nos momentos que acontecem que Deus vai dando as oportunidades para nós termos e adquirirmos a paciência. Paulo na primeira leitura de hoje que é o início da segunda carta de São Paulo aos Coríntios, ali Paulo vai tratar de dois temas, primeiramente a perseguição e também a consolação. E ele entende a paciência na perseguição porque esta comunidade tava tendo resistência a missão de Paulo e ele diz: eu não exerço a minha missão por vontade própria, mas a exerço por vontade de Deus. Paulo diante desta dificuldade que tem em pregar o Evangelho, em exercer a sua missão, pede a comunidade que exerçam a misericórdia, e na paciência, com cuidado, vai levando a comunidade a entender a sua missão e a vontade de Deus.

Um dos caminhos para adquirir a paciência tanto é que Santo Antônio exerceu muito bem é a espiritualidade, quando nós temos uma espiritualidade fecunda, enraizada, com os pés no chão olhando para frente, olhando para o alto, almejando aquilo que é de Deus tudo fica mais fácil, porque nós vamos entendendo aquilo que acontece na nossa vida as perseguições, as tribulações de uma forma muito melhor e é pautada nesta espiritualidade que nós cultivamos dia após dia ,seja ela na minha devoção, seja ela na Palavra de Deus, seja ela na Eucaristia, não importa, a espiritualidade é o instrumento para nós conquistarmos esta paciência.

Assim irmãos, quatro palavras eu gostaria que pudéssemos guardar esta noite ao sairmos daqui: a primeira palavra é o ESPERAR, como é difícil esperar, você faz um exame, depois de uma semana fica pronto, parece que leva uma eternidade, não chega mais a outra semana, e o primeiro passo para conseguir adquirir essa paciência é esperar é ter calma é colocar nas mãos de Deus, e em tudo aquilo que nós realizamos perceber que não é do nosso jeito, tanto é que Paulo dá a entender assim, não faço por minha vontade, mas por vontade de Deus mas a vontade de Deus não é a nossa vontade. Nós vivemos num mundo muito imediatista, nós temos as coisas prontas em nossas mãos.

Quero usar um exemplo de um padre lá da minha diocese que ele dizia o seguinte: antes de colocar o portão eletrônico em casa, eu tinha que parar o carro, puxar o freio de mão, desengatar, abrir a porta descer, abrir o cadeado, abrir o portão, entrar no carro recolher o carro, saia fechar o portão, quando colocou o portão automático ele parou em frente do portão apertou o botão e o portão começou a levantar ele pensou assim, nossa mais que demora pra abrir, não vai isso, mas ele começou a pensar e disse, mas antes eu não tinha isso, daí você para, relaxa, calma que as coisas mudaram. Irmãos temos tudo nas nossas mãos e nós vivemos num mundo imediatista que queremos que tudo aconteça do nosso jeito e não é assim.

A segunda palavra e CONFIAR, se eu acredito, confio em Deus porque eu vou temer, é bem aquela situação: o problema que eu to vivendo tem solução? Se tem solução, ótimo pra que ficar sofrendo, uma hora ou outra vai solucionar. Não tem solução? Ótimo, não tem solução pra que eu vou sofrer. Então é confiar em Deus, é acreditar nesta palavra que nos é colocada, esta vontade de Deus, este olhar de Deus que olha e penetra em nossa história, Ele sabe aquilo que nós somos, o momento que nós vivemos não são momentos eternos, mas são passageiros. Nós vivemos por ciclos, tanto é que se você olhar a sua vida diante das perturbações que você teve na sua história, perceba que cada vez que você superou uma dificuldade você se tornou mais forte.

Assim é a nossa vida, nós cremos num Deus que é muito maior do os nossos problemas, as nossas perturbações e esta confiança me leva a crer num Deus que age na minha vida, mas basta eu estar com o coração aberto, mas se eu não estiver com o coração aberto, estiver com o coração fechado Deus não pode fazer nada, porque nosso Deus é um Deus cavaleiro, gentlemen, isso mesmo ele bate à porta e pede licença para entrar em nossa vida. Ele entrar na nossa vida a partir do momento em que nós abrirmos as portas para Ele e permitamos que Ele aja em nossas vidas, senão Ele não pode realizar nada por nós.

A terceira palavra é o SABOREAR, para começar vou usar um exemplo simples, quando eu e meu irmão éramos crianças ele é três anos mais novo que eu, minha mãe ia no mercado e comprava yogurt pra nós mas tinha que dividir, colocava dois copinho e media pros dois igual, e a gente ia tomando bem devagarzinho pra demorar pra acabar, porque daí era só no mês seguinte, então isso é saborear, aquele yogurt na minha vida foi uma providencia de Deus, porque aquele yogurt era o que eu estava vivendo, era tudo o que eu tinha naquele momento. Na nossa vida Deus coloca muitas coisas no nosso dia a dia, pessoas, situações, problemas, alegrias, Deus coloca várias coisas, mas nem tudo é por Deus, mas por nossas próprias ações. Então nós precisamos saborear as coisas que estão acontecendo, e saber que Deus está agindo nisto que está acontecendo.

A quarta palavra é ENTREGAR, entregar nas mãos de Deus aquilo que nós temos, essa palavra está intimamente ligada com a segunda que é confiar, temos uma palavrinha que move o mundo de hoje que é a ansiedade, precisamos aprender a controlar a ansiedade. Nós percebemos que quando nós entregamos nas mãos de Deus conseguimos controlara a ansiedade, nós devemos viver o hoje (Carpen Dien=Viva o hoje) o que eu não puder realizar hoje, realizo amanhã, é viver um dia após o outro.

Então quais são as palavras?
-ESPERAR;
-CONFIAR;
-SABOREAR;
-ENTREGAR.

Pela intercessão de Santo Antônio nosso padroeiro, peçamos a ele que nos ajude nos momentos de nossa vida a termos essa paciência e adquirimos essa paciência que vem de nosso Deus.

Louvado Seja Nosso Senhor Jesus Cristo!


CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS



Fonte: Pascom Paróquia Santo Antônio
Voltar
 
Página Principal

DESTAQUE

 

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

NOTÍCIAS

 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE