Paróquia Santo Antonio
 

DESTAQUE

 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

ACERVO

 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
2º DIA DO TRÍDUO DA ORDENAÇÃO DIACONAL DO RODOLFO

 
Imagem

Neste 2º dia do Tríduo preparatório pela Ordenação Diaconal do Seminarista Rodolfo Inácio Pasini, recebemos para celebrar a Santa Missa o Padre Edson Luiz Andretta, Reitor do Seminário São José, concelebraram Pe. Wellington e estiveram presente todos os seminaristas da Diocese. Configurando assim a unidade da comunidade de formação de nossa diocese.

Pe. Edson nos diz:
Queridos irmãos e irmãs como é bom pra todos nós também estudarmos a Palavra de Deus e que pra nós é uma Palavra de vida uma Palavra de salvação. Deus se aproxima de cada um de nós com a Sua Palavra. O fato de Deus nos falar é o cuidado Dele para com cada um de nós é a ternura de Deus por cada um de nós.

Já ouvimos na primeira Leitura como Deus falou a Abraão e como é essa presença de Abraão nessa proximidade de Deus para com ele, faz acontecer coisas tão novas, tão surpreendentes na vida deste homem Abraão.

Nós muitas vezes queremos nos aproximar de Deus, a gente escuta às vezes as pessoas que vem para conversar, para confessar ou que estão participando de algum movimento de Igreja ou um retiro e ela fala: Padre faz tempo que eu estava afastado de Deus, mas agora eu resolvi me aproximar de Deus, é tão bonito isso! Mas o mais bonito ainda é que Deus se aproxima de nós, não somos nós que primeiro nos aproximamos de Deus, mas é Ele quem primeiro se aproxima de nós, Ele que é próximo de cada um de nós.

Foi Ele quem se aproximou de Abraão e de sua esposa Sara, eles eram idosos não tinham filhos. Na cultura de Abraão e Sara era muito importante ter filhos, deixar uma descendência, ter uma posteridade. Era uma tristeza para eles não poder ter filhos era até zombaria o fato de não terem filhos, mas Deus se aproximou de Abraão chamou e ele escutou essa Palavra de Deus ele se dispôs a fazer um caminho seguindo essa vontade de Deus, e Deus vai lhe prometer um filho Isaac o filho da promessa de Deus, e hoje nós ouvimos Deus fazendo essa promessa a Abraão. Daqui a um ano vocês vão ter esse filho. Como isso deve ter sido assim motivo de tanta alegria para Abraão e Sara.

Poder ter a certeza no coração de que Deus estava agindo na vida deles como age na vida de cada um de nós. Deus quer o nosso bem, Ele quer o bem de todos nós, Ele se aproxima de nós e fala a cada um de nós. Da nossa parte é essa acolhida que é a nossa fé, nós respondemos a essa aproximação de Deus a essa fala de Deus na nossa vida com a nossa fé que é confiança, amizade. Se a gente quiser traduzir, uma palavra bonita pra dizer que tem fé é amizade.

Ter essa amizade com Deus e a gente se manter nesta amizade é a gente fazer de Deus o nosso amigo, é a gente perseverar nesta amizade, é ser fiel nesta amizade e assim Deus vai nos surpreender.
Nós estamos aqui preparando a ordenação Diaconal do Rodolfo que também Deus se aproximou um dia da vida dele, Deus também falou no coração dele e o chamou e ele escutou e tomou Deus como seu companheiro, seu amigo e começou a fazer um caminho com Ele. E certamente esse caminho que Deus fez com o Rodolfo o levou a viver muitas experiências que jamais ele imaginaria que na vida dele iria viver, mas como ele respondeu na fé e perseverou nessa fé, nessa amizade ele foi colhendo nessa caminhada certamente tantas graças, tatás coisas bonitas que o ajudaram muito na sua vida que o fizeram crescer e estão fazendo crescer, como pessoa, como cristão e certamente crescerá também como diácono e depois como Sacerdote do Senhor.

Pois hoje nós estamos aqui testemunhando na vida do Rodolfo aquilo que Deus é capaz de fazer na vida de alguém que se dispõe a caminhar com Ele.

No Evangelho também é bonito ver esse leproso que se aproxima de Jesus, nenhum leproso poderia se aproximar na época de Jesus porque era considerado um homem impuro era um pecador, um amaldiçoado e tinha que ficar sempre afastado das pessoas. Esse leproso tomou coragem e que coragem de se aproximar de Jesus. Se fosse outro sairia correndo quando visse o leproso se aproximando dele, porque deixar se aproximar um leproso nessa época era também de tornar impuro, mas esse leproso se arriscou de se aproximar de Jesus e deve ter ficado muito surpreso a o ver que Jesus ao invés de se afastar dele, deixou que ele se aproximasse. Acolheu o leproso.
Esse leproso tão animado porque Jesus não se afastou ele disse: se queres podes purificar-me. Eu sou uma pessoa impura, não posso viver com minha família, não posso ir ao templo me colocar diante de Deus, não posso entrar na cidade, se queres pode purificar-me. E Jesus tocando esse leproso vai dizer: Eu quero! Como que Jesus não ia querer o bem para esse homem. E o homem ficou curado e Jesus mandou que ele fosse ao templo se apresentar às lideranças religiosas, pois no tempo de Jesus os sacerdotes do templo poderiam ver que ele estava curado e decidir que ele pudesse voltar a conviver com todos.

Nós também irmãos e irmãs, carregamos em nós as nossas impurezas, todos nós! Temos nossas dificuldades, com relação à nossa fé, com relação aos outros, dos nossos temperamentos, da nossa personalidade. Todos nos temos essas impurezas que as vezes não nos permitem viver uma vida melhor e mais tranqüila, mais gostosa, uma vida mais plena, mais abundante que Deus quer dar pra todos nós. E quem vai nos purificar dessas nossas impurezas? Quem vai nos purificar dessas nossas dificuldades? Que nos aborrecem e nos entristecem? Só o Senhor! Só Jesus!
Também o Rodolfo pode dar seu testemunho, tantas coisas que Deus foi realizando em sua vida e foi curando, e foi purificando, e foi fazendo com que ele tivesse um ávida mais plena, uma vida mais boa, mas não para se enaltecer, se engrandecer,mas para poder dar mais a própria vida, poder servir mais, ajudar mais, para poder amar mais, como é bonito isso na nossa fé. O senhor nos cura, nos purifica para a gente ser mais para os outros e não ser mais para nós mesmos.

Quando nós somos mais para os outros, quando nos entregamos mais, amamos mais, quando a gente serve mais é um bom sinal é sinal que o Senhor está nos curando! Está nos limpando! Está nos purificando!
Porque de fato quem vai experimentando essa vida nova que o Senhor nos dá tem desejo também de dar a vida, de fazer o bem de ajudar de servir, ser o Diácono que é o que o Rodolfo vai receber agora na ordenação é isso, ser servidor. É colocar-se a serviço do outro. É ser sinal de Jesus que passou pela vida fazendo o bem como nós estamos vendo hoje no Evangelho.

Que nós continuemos nos aproximando Dele, que a gente continue deixando o Senhor tocar na nossa vida que a gente possa ter a graça de com a vida nova podermos servir mais o Senhor que tanto nos ama e tanto merece ser amado por cada um de nós.




CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS


Fonte: Pascom Paróquia Santo Antônio
Voltar
 
Página Principal

DESTAQUE

 

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

NOTÍCIAS

 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE