Paróquia Santo Antonio
 

DESTAQUE

 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

ACERVO

 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
**PORQUE CRISMAR?

 
Imagem

Porque crismar ?

A crisma é sacramento do envio e da missão.
Não basta o batismo que nos introduz na comunidade.
Qual é o porquê do sacramento da crisma?
No início batismo, crisma e eucaristia eram recebidos juntos.
Eram conferidos a adultos que se convertiam ao cristianismo.
Os três integram a pessoa na vida da comunidade.
Eram conferidos na Vigília Pascal, normalmente na cidade, na celebração do bispo, auxiliado por padres e diáconos. Enquanto padres e diáconos batizavam, o bispo crismava.
Com a expansão do cristianismo, tornava-se impossível a presença do bispo nas celebrações das Vigílias Pascais nas diversas cidades.
Assim começou o costume de deixar a crisma para mais tarde, para quando o bispo fosse à comunidade.
Com o tempo se perdeu a unidade dos três sacramentos.
Daí se procurou um sentido para a crisma: o crismado torna-se soldado de Cristo, cavaleiro de Cristo, testemunha de Cristo.
Com o batismo de criança, a separação se acentuou ainda mais.
A popularização da Primeira Comunhão também contribuiu para o distanciamento entre esses sacramentos.
Aparece uma seqüência diferente: batismo - penitência - eucaristia - crisma.
Há uma unidade teológica entre batismo e crisma.
Um não pode ser entendido sem o outro.
São uma verdadeira participação no Mistério Pascal de Cristo.
O que é Mistério Pascal? Ele envolve vários momentos.
Vida e morte de Jesus - ressurreição - ascensão - Pentecostes.
O Mistério Pascal constitui uma unidade.
Cada sacramento acentua um aspecto do Mistério Pascal.
O batismo acentua a morte e ressurreição, a pertença.
A crisma acentua Pentecostes do Mistério Pascal.
O batizado é confirmado pela força do Espírito Santo.
O crismado é enviado a ser testemunha de Cristo.
A eucaristia acentua o Mistério Pascal e impele para a missão.
Gestos na crisma: imposição das mãos e unção na fronte.
Expressões corretas: óleo do crisma; sacramento da crisma.
Momentos fundamentais na cerimônia da crisma: o nome visível no peito é para criar identidade e acolhida; silêncio para criar interação; música baixa durante a unção e durante a comunhão na oportunidade de chamar o crismando e crismado pelo nome.
A unção significa força, poder, cura, saúde, alegria, bom humor.
Significa beleza e consagração. Reis e sacerdotes eram ungidos.
Cristo é o ungido com o Espírito Santo e com poder (At 10, 38).
Ficou cheio do Espírito Santo e foi enviado em missão (Lc 3, 22; 4, 14-21).
Jesus prometeu enviar o Espírito Santo sobre os discípulos (At 1, 8).
É o Espírito Santo quem renova a Igreja e a envia em missão.
Missão do crismado: anúncio, serviço, comunhão, diálogo, testemunho profético e celebração do Mistério Pascal.
A confirmação é tornar forte a ação de Deus pelo Espírito Santo.
Como segurar o crismado na Igreja? O tempo da catequese deve criar nele hábito e gosto de ser Igreja, se isto ainda não conseguiu da família.
Significa não ser apenas anúncio de doutrina, mas interação.
A preparação para a crisma deve envolver Igreja, família e comunidade.
Criar grupo de pós-crisma e de envolvimento.

Dom Paulo Mendes Peixoto
Voltar
 
Página Principal

DESTAQUE

 

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

NOTÍCIAS

 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE