Paróquia Santo Antonio
 

DESTAQUE

 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

ACERVO

 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
2º Dia do Tríduo em honra à Nossa Senhora de Guadalupe

 
Imagem

Nossa comunidade paroquial teve hoje o 2º dia do tríduo de Nossa Senhora de Guadalupe com a Santa Missa celebrada pelo Padre Bruno Roberto Rossi nosso Vigário Paroquial concelebrada pelo nosso Pároco Pe. Wellington, com a presença dos seminaristas Everton e Marcos.
Hoje também Padre Bruno comemorou se aniversário natalício e a comunidade preparou uma festinha muito aconchegante para comemorarmos com ele após a Santa Missa.

O tema deste 2º dia foi "Virgem Maria, volvei para nós esses vossos olhos misericordiósos".



Caro Pe. Wellington, seminaristas, caríssimos irmãos e irmãs, certa vez numa aula de catequese uma catequista já idosa perguntava para as crianças: Como as crianças achavam que eram os olhos de Nossa Senhora. E cada criança a partir da sua consciência e infantilidade diziam, são azuis, são castanhos, são verdes, são grandes os olhos dela, e assim cada uma deles iam falando o que achavam, para enfim a catequista poder mostrar para elas a essência do olhar de Nossa Senhora então aquela velhinha dizia o olhar de Nossa Senhora é Misericordioso! Essa é a essência do olhar de Nossa Senhora.
Que bom hoje nos podermos parar nossa vida a nossa correria e olharmos para Nossa Senhora e precisamos permitir que Ela também olhe para cada um de nós, para nossas vidas.
Que bom iniciarmos ontem esse tríduo e através da homilia do Pe. André, podermos meditar a respeito da humildade ele ontem nos lembrava de que pela humildade nos conseguimos diante de Deus retirar uma coisa terrível de nossas vidas que é termos máscaras diante de Deus. Que terrível viver tanta falsidade, um teatro diante de Deus. Algumas pessoas parecem fazer questão de se preocupar com o exterior da fé, para que as pessoas vejam como é piedosa, quanto vem à missa, mas é um volume morte que na verdade não tem nada de consistente. Podemos comparar com uma cebola que é cheia de mascara, você tira uma camada daí tem outra, você tira a outra daí tem outra e quando chega no final não encontra nada e é só chorar mesmo, a vida da pessoa só faz chorar.
Falando ainda da humildade, ela primeiramente vai quebrando o nosso orgulho, vai como se aos poucos demolindo este muro que vamos construindo no nosso coração, da autossuficiência, do orgulho, de acharmos que somos mais que os outros, que somos mais santos que o próximo, que somos melhores naquilo que fazemos, que somos bons diante de Deus, que somos santos que não temos pecados, que os nossos pecados são só aqueles do dia a dia. A humildade ela primeiramente nos prepara o nosso coração para uma graça primeira, a graça do amor de Deus. Pela humildade somos capazes de reconhecer que muitas vezes não fazemos o bem que devemos fazer, e preferimos o mal e fazemos o mal que não queremos.
A humildade dá a Deus a oportunidade de nos transformar, de transformar o nosso coração, de Deus nos santificar.
A segunda graça que a humildade nos dá é a de nos colocarmos diante de Jesus e diante de Maria Santíssima como nós devemos. E outra graça é podermos ser envolvidos por Maria e receber Dela um olhar misericordioso de mãe. O olhar de Maria e um olhar próximo ao olhar de Jesus, parecido com o de Jesus que nos olha com paciência, com bondade, que olha para as nossas fraquezas, mas espera que melhoremos. Por isso hoje que Ela nos volva esse olhar misericordioso, que ela tenha paciência conosco e que essa paciência de Deus, e de Maria aos poucos nos leve a uma mudança de atitude, a uma mudança de vida, uma verdadeira conversão.
A pouco Pe. Wellington e eu lembrávamos, “A misericórdia de Deus nunca exclui a justiça”, Deus é bom, Deus é misericordioso, mas Deus é justo! O olhar de Maria Santíssima é um olhar paciente mas Ela conhece a justiça de Deus por isso Ela espera pacientemente a nossa conversão.
Que Nossa Senhora interceda sempre junto a seu Filho para que sejamos santos, para que cada vez mais Ele tenha paciência conosco, que Ela interceda por nós para sermos cada vez melhores.
Um filho sempre olhará para a mãe como se fosse a última instância da moral. A figura da mãe muitas vezes nos impede de fazermos coisas absurdas, de fazermos monstruosidades, porque? Porque nunca vamos querer ofender a nossa mãe.
No evangelho de hoje Jesus diz que o Reino de Deus sofre violência e que o Reino de Deus é dos violentos. Uma contradição aparente, mas na verdade essa violência que Jesus diz é a violência de atitudes que começa em nossos corações, temos que ser violentos contra o pecado, violentos contra os maus hábitos, violentos contra o homem velho que está em nós para que renasça um novo homem pronto para Reino de Deus.
Caríssimos irmãos e irmãs, que sejamos nós envolvidos pelo olhar de Nossa Senhora que nossa vida seja baseada no fato de que nós temos sempre onde formos, ou no que fazemos estaremos sempre sob o olhar misericordioso de Maria Santíssima, que ela interceda por nós e por nossa santidade.

Louvado Seja Nosso Senhor Jesus Cristo!


CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS


Fonte: Pascom Paróquia Santo Antônio
Voltar
 
Página Principal

DESTAQUE

 

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

NOTÍCIAS

 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE