Paróquia Santo Antonio
 

DESTAQUE

 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

ACERVO

 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
Cinco conselhos práticos para uma boa oração com a Bíblia

 
Imagem

1. PROCURAR UM LUGAR TRANQUILO;

Antes de ler as Sagradas Escrituras devemos procurar estar na presença de Deus. Portanto, recomenda-se procurar um lugar tranquilo, onde ninguém interrompa, e apagar todas as “telas”: computador, celular, televisão. E, assim poder estar no mínimo 15 minutos “a sós com o Senhor”.
Depois, “peçam que seu Espírito Santo abra seus corações. Peçam a nossa Mãe Santíssima que nos ajude a meditar em nosso coração os mistérios de Cristo, como Ela o fez”.

2. DETER-SE NOS DETALHES;

Depois da oração, “comecem a ler devagar o texto do Evangelho desse dia. Podem ler uma e outra vez. E conforme leem, observem os detalhes. O que está acontecendo? Quais são os personagens principais? Detenham-se nas palavras ou nas frases que lhes chamaram a atenção. Prestem atenção especialmente no que Jesus está dizendo e fazendo”.
Deste modo, não devemos ler a Bíblia como se estivéssemos lendo um romance. “Trata-se de um encontro com o Deus vivo. Jesus vive nos textos sagrados. Deus está falando com vocês de maneira pessoal”.

3. MEDITAR SOBRE A LEITURA;

Depois de identificar a passagem que lhes chamou a atenção, deve-se perguntar a Deus o que está tentando dizer através destas palavras específicas.
“Existe aqui uma promessa para vocês? Uma ordem? Uma advertência? Como se pode aplicar este texto na situação que está vivendo neste momento?”, propõe-se.
“Permitam que a Palavra de Deus se transforme em um desafio para vocês. Se tiverem dificuldade para entender o que estão lendo, peçam ajuda ao Espírito Santo”, sobretudo para compreender os ensinamentos que “não estão de acordo com a nossa maneira de pensar, com nossas expectativas e nossos preconceitos”.

4. ORAR

Depois de compreender o que Deus quis dizer, é preciso responder-lhe. Isto se faz por meio da oração.
“Pode ser uma oração de agradecimento ou de louvor. A oração de vocês pode ser uma prece, podem pedir que Deus lhes dê a força para seguir em frente ou a fim de que lhes conceda alguma graça ou uma virtude”.
Também “quanto mais rezamos com os Evangelhos, mais conseguiremos pensar segundo ‘a mente de Cristo’, mais nos apropriaremos dos seus pensamentos e sentimentos; poderemos ver mais a realidade conforme Ele vê”.
Do mesmo modo, ao rezar mais, experimenta-se com maior intensidade “o chamado de Cristo a mudar o mundo, para que desta forma possamos mudar a sociedade e a história de acordo com o desígnio amoroso de Deus”.

5. CONTEMPLAR;

A lectio divina termina com a contemplação. Este momento se trata de permanecer em silêncio e “contemplar Deus”.
“Na contemplação, somos como crianças que buscam conhecer a maneira de pensar e a vontade do Pai que nos ama. Com nossa mente tranquila, descansa na presença de seu olhar. ‘Eu olho para Ele e Ele olha para mim’”.

Com a contemplação, “a lectio divina nos leva a tomar resoluções concretas e levá-las para a ação”.

Sendo assim, tenham todos uma boa meditação!






Voltar
 
Página Principal

DESTAQUE

 

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

NOTÍCIAS

 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE